quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

Etceteras

[Parque dos Lápis - Cadaval, 2006, FF]

E de repente tudo me cheira a reticências
e muitos etceteras.
Espero eu que não cheire a exclamações.
Pois, tenho para mim que isso seria
a verdadeira interrogação!
Estranha pessoa esta

5 comentários:

pensamentos_vagabundos disse...

lindo jogo de palavras....adorei a foto...

pensamentos_vagabundos disse...

:)beijo vagabundo

.*.Magia.*. disse...

Estranha...
Geralmente junto a estes muros e a estes cantos de jardins cheira a outra coisa :P
Lembro-me agora de uma vez que estava apertadinha e depois tive que verter àguas junto a um muro assim...!
Poderiamos chamar-lhe reticências, pois podiamos, mas acho mal. As reticências são coisas muito sérias...!
Não são comparáveis a fazer xixi junto a um muro, ainda por cima decorado com este...é coisa banal :P São necessidades fisiológicas controláveis, mas ainda assim incomodativas, ainda por cima se a pessoa estiver contente e com vontade de rir...
É tramado, eu diria que é f*****, mas não digo porque tenho medo que pareça mal e tal...!

Já as cores do muro...seria outro assunto a desenvolver, mas não me apetece, e o apetecer tem muita força, apetece-me ir-me embora e não escrever mai nadica...
Aliás , apetecia-me apagar este comentário, mas já não me apetece...!

Lembra-me de nunca mais aqui vir, estou ofendida com o palavreado :P

...coisa banal!

Estou intimidada...

rui disse...

Olá Estranha Pessoa

Gosto do ângulo e da luz, os dizeres na parede, nem por isso,(e não é brasuca!):))) mas não me chocaram.
Não ponho reticências!

Um grande abraço do senhor do mar e um sorriso do netinho.

Claudia Tavares disse...

A tua forma de expressão surpreende-me sempre... És verdadeiramente poeta, como conceberiamos Pessoa em todas as suas formas.

"Ainda que os teus passos pareçam inúteis, vai abrindo caminhos, como a água que desce a cantar da montanha. Outros te seguirão..."

Saint-Exupéry

A ti... outros te seguirão... pois o teu miocárdio bate forte e marca um ritmo de vida incomparável.

Ainda que já te tenha dito isto...tenho de dizer novamente:
Segue vivendo e sendo incomparável.