sábado, 11 de novembro de 2006

Razão Versus Coração - A Pesagem



[Praça da Fruta - Caldas da Rainha, Novembro de 2006, FF]

"Raciocinar:

pesarmos as probabilidades na balança do desejo."

Ambrose Bierce

6 comentários:

Tino disse...

O coração é tão leve que razão nenhuma pode equilibrar uma balança onde o queiras pesar...talvez porque não existe razão nenhuma para que se tente pesar o coração...ou porque quando existe uma razão já perdeste o coração.Eu sei que tu percebes de equações, transforma tudo em X e Y e vê que resulatdo obtens. Assim de repente, ganhaste um beijinho meu! Isso é igual a Z mas multiplicado pelo mar e elevado ás estrelas do céu! :) Dorme bem, estranha! :)

Teresa Durães disse...

raciocínio: retirar o desejo e só pesar

.*.Magia.*. disse...

E será que razão e desejo convivem assim tão bem nos pratos da balança?
A conviverem, tinha que existir o equilibrio entre uma e outra coisa...é uma probabilidade, sem dúvida!

Mas sinto que não há probabilidade de equilibrio...
Se não há essa probabilidade...
Então para quê a balança?
Valerá a pena existir uma balança para pesar algo que jamais vai ter conta peso e medida?

Estranha...esta frase é uma frase fechada...sinto-me presa nela, acho que me bloqueia...não sei explicar porquê!

Quanto á verdadeira balança da foto...algures tirada na Praça da Fruta, gostei...mas mesmo assim, acho que falta uma coisa...

Então onde está a fruta?
Cá para mim, é uma foto tirada na Praça do Peixe...

.*.Magia.*. disse...

Estranha, não respondeste a esta provocação...

Queres que amue????

Ou queres que...

Estranha pessoa esta disse...

Tu e a mania das pressas.
Agora não posso responder.
Estou ali na linha.
Não me apeteceu esperar pelo chá inglês. :P

Xiuuuuuuuuu

.*.Magia.*. disse...

Insisto!
Onde é que está a fruta?

Cheers