quarta-feira, 22 de novembro de 2006

Amarras

[Lagoa de Óbidos, Novembro de 2006, FF]
"É preciso viver como se pensa,
caso contrário se acabará por pensar como se tem vivido."
P. Bourget

5 comentários:

Teresa Durães disse...

quando não se consegue, aluga-se um quartinho na Av. Brasil nº 13 (se não estou em erro). Vista sobre o jardim, sossego, do melhor!

A avaliar como se vai desenvolvendo os acontecimentos diários, ainda nos conhecemos... por lá!

Boa tarde (e gostei da fotografia)

.*.Magia.*. disse...

Olá Estranha!!!

Amarras o pensamento aos cabos do viver e deixas a maré subir. Se a água te permitir navegar, deixa-te ir no barco.
Senão, ficas em terra a ver a corrente correr e o horizonte a ficar cada vez mais longe.

Linda Foto...Lagoa de Óbidos...conheço, e também a ginginha de òbidos hehehe

Estranha pessoa esta disse...

Teresa,
Quem sabe ;P
Que tenhas uma boa noite. Um abraço grande :) **


Magia,
Sem saberes essa tua frase deu-me hoje a resposta que procurava.
Advogada belo serviço hehehe

E olha tu falas da ginjinha, e eu tenho te a dizer que ontem fui lá beber o belo do toupeirinho ehhe
Pena eles não darem a receita a ninguém, era uma bela pinga para o Cheers ;)

Pierrot disse...

Um calice de carpe diem, um shoot de seaze the day, uma caipirinha de "goza o teu dia" etc e coisa e tal.

Caso contrário, o arrependimento há-de bater um dia, mais forte que as ondas que impedem o barco de sair para o mar...

Bjos daqui
Eugénio

Estranha pessoa esta disse...

Gostei tanto das tuas palavras ..
Mesmo..
Posso rouba las? ;)

É que gostei mesmo !!!

Bjs daqui da Aorta **