domingo, 5 de novembro de 2006

Importa




[Serra de Montejunto- Convento Dominicano , Agosto de 2006, FF]
"Toda a gente forceja por criar uma atmosfera que a arranque à vida e à morte.
O sonho e a dor revestem-se de pedra, a vida consciente é grotesca, a outra está assolapada.
Remoem hoje, amanhã, sempre, as mesmas palavras vulgares, para não pronunciarem as palavras definitivas.
E, como a existência é monótona, o tempo chega para tudo, o tempo dura séculos."

Raúl Brandão

Batimentos Cardíacos ao compasso de Apocalyptica - Nothing Else Matters

8 comentários:

Louco de Lisboa disse...

História...

.*.Magia.*. disse...

Afinal o tempo não existe...apenas deixa marcas!

Ali o palhaço de cima, nem comento!

Estranha, deixo-te aquele abraçoe um grande sorriso, também gosto de vaguear entre ruínas como estas...consigo ouvir as vozes de quem por ali viveu...é o vento que as trás e as cola nas pedras. É com as minhas mãos que as oiço!

pensamentos_vagabundos disse...

adoro ruinas,lembram-me sempre sonhos ....

rui disse...

Olá Estranha pessoa

Bom dia :)

Importa!
Claro que importa. Importa sacudir a nossa existência e dar um pontapé na monotonia.

Bom domingo

O senhor do mar

Estranha pessoa esta disse...

Louco,
....ou estória!
:) **


Magia,
Não comentas porquê?
ai
:P
... sim, parece que sentimos todo o 'cale' de outrora...
.....
Para ti aquele abraço de vício...


Vagabundo,
Vejo agora ali alguém...
Não é nessa janela.. na outra.
És tu?


Senhor do Mar,
Preciso disso!!!
;) **

.*.Magia.*. disse...

Estranha, não comento porque não me apetece, porque não me apetece apetecer-me comentar, já devias saber isso, não?...

Ai
:P

Estranha pessoa esta disse...

Xiuuu
Que estou aqui a colocar o teu miocárdio.

Teresa Durães disse...

olha como entendo Raúl Brandão... que coisa...

(também adoro ruínas, apela a imaginação)


Voto no Raúl e ponto final

(estas letrinhas são obrigatórias?...)