segunda-feira, 4 de dezembro de 2006

Miocárdio Pedido XIV - Poeta Vagabundo







[Último pôr-do-Sol de Novembro, Algures no Oeste, FF]
"(suspiro) tenho de prar de te mostrar quem sou...
por isso vou descansar hoje no meu leito
no qual posso ser imortal
e não!
desta vez não vou apagra estes sentimentos
vou deixá-los aqui para saberem que não sou normal..."
Poeta Vagabundo - 27 de Novembro
Nevoeiro Vagabundo - pensamentos_vagabundos
Batimentos cardíacos ao som do silêncio do nevoeiro

12 comentários:

pensamentos_vagabundos disse...

completamente apanhado de supresa...
depois se existe fotos que definem muito do meu estado de alma são essas...
deveria dizer obrigado!?
um beijo vagabundo te deixo....

.*.Magia.*. disse...

Não páras de surpreender!

Lindas fotos...! Cores lindas...!

Ultimo pôr do sol de Novembro!!!!

Agora, só para o ano! Ah pois é!

LINDO!!!!!

Vagabundo...sim, encontro nestas fotos aquilo que sinto de ti...pelo que escreves!
Uma beijoka aqui da palhaçinha que um dia te assustou ao virar de uma esquina virtual ;)

Cheers

rui disse...

Olá! Estranha Pessoa

Gosto de ver essas cores de fogo, que se espalham no espaço azul.
Gosto sobretudo das emoções que o momento transmite e, de tudo aquilo que nos faz sentir.
Já as rapinei todas, para a minha colecção.

Um grande abraço
o senhor do mar

rui disse...

Parabéns ao Poeta Vagabundo, porque de certeza merece este Miocárdio.

Um abraço
o senhor do mar

Pierrot disse...

Ai de ti que um dia te tornes normal...
Bjos daqui
Eugénio

Teresa Durães disse...

gosto dos teus céus ao fim de tarde


boa tarde

as velas ardem ate ao fim disse...

O céu é o limite!

Lindo.

bjinhos

Estranha pessoa esta disse...

Vagabundo,
Fico contente em teres gostado!
Não deverias ter dito obrigado!
Apenas sentires.
Só isso ;)
Um abraço enorme para ti destes tons.
**

Estranha pessoa esta disse...

Magia,
Fiquei corada ehehhe
Corada das cores deste último por-do-sol de Novembro.
E que seja sempre algures um Novembro destes e daqueles tons.
**


Senhor do Mar,
eheheh
Rapina para aí à vontadexxx os meus olhares são os teus ;)
***

Teresa,
E eu gosto de te ver por aqui ;) **


Velinhas,
E que não há-ja limite... **

MH disse...

Se este é o último de Novembo, amanha postarei para ti o primeiro de Dezembro :)

:P

Anónimo disse...

...o poeta não é normal a não ser dentro da normalidade sentida dos seus próprios sentimentos...anormal seria não sentir...
E normal esta sentida homenagem...da nada estranha pessoa...sensível pessoa.

Beijos em fio da su

Estranha pessoa esta disse...

mh,
Fico à espera heheh
Arigatô ;)


Su,
******
Saudades!! ;)
Cuida de Ti Sempre.