segunda-feira, 21 de maio de 2007

Mar Revoltado.. Lágrima que cai!


[Baleal, 20 de Maio de 2007, FF]

"Enquanto anoitece,
enquanto escurece
(...)
enquanto tu sentes
que se quebrou tudo
eu estarei sempre que te sentires só."

Mafalda Veiga

6 comentários:

Brain disse...

"eu estarei sempre que te sentires só."

É bom, mas... eu prefiro:

"eu estarei sempre, para que não te sintas só."

;)

Beijo.

PS:A resposta ao teu desafio, está feita. Passa no meu canto. Post de hoje.

Teresa Durães disse...

lindas fotografias.

(e ninguém me canta as palavras de Mafalada Veiga...)

.*.Magia.*. disse...

FF
Que a tua alma nunca perca a ondulação revolta que se atira assim, forte contra as rochas...!

Olhar estas fotos lembra-me uma tarde de devaneios com esticanços de 170 Km/h pelo meio... E uma porta que se abriu com um sorriso parvo a outro sorriso mais parvo que o mais parvo dos sorrisos...

Cheira a sal...!
Cheira!

FE

Isabel disse...

Eu estarei sempre que te sentires só

eu estarei sempre que te sentires triste
ou alegre
ou eufórica
ou desesperada
ou revoltada
ou feliz
ou...

eu estarei, simplesmente, sempre, por perto...

Vês-me?
Sentes-me?
E tu estás aí?

Isabel

POETA VAGABUNDO disse...

hummmm deixo me levar pela canção...
beijo vagabundo

sonhadora disse...

Hoje, regresso a mim e pernoito na magia do sonho.
Beijinhos embrulhados em abraços