terça-feira, 30 de Julho de 2013


"- A nossa casa.
- A minha e a tua.
- ...
- O que faz do que nos une único é esta capacidade de nos sabermos dois mesmo quando já não conseguimos ser menos do que um.
- E o sexo.
- O sexo.
... - Anseio pelo sexo desde o primeiro dia.
- ...
- E no entanto não deixei de não ansiar pelo sexo desde o primeiro dia.
- Estamos sempre no primeiro dia. Sempre que acordamos um para o outro estamos a viver o primeiro dia."
 
"In Sexus Veritas", de Pedro Chagas Freitas

Sem comentários: