sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Clave(s)

[Mariza - Lugares com História, Óbidos, Agosto de 2007, FF]
Existem certas melodias que caem em nós como a chuva.
Toca.
Molha.
E fica.
Existem certas melodias que são canções.
Que nos perdem os sentidos.
Existem certos momentos... que são pautados.
5 linhas.
E nada paralelas.
Não tenho nenhuma Clave de Sol.
Creio na Lua.
No Fá. No Mi. E também no Si.
Não sinto o Dó.
Existem certas vidas, que nos ficam.
Aqui a tocar.
Desafinamente afinadas.
...
Choveu?

3 comentários:

joão marinheiro disse...

Completamente!
Abraços

Matilde disse...

Estive lá ontem. Na Vila de Óbidos. Não choveu chuva, mas choveu sol, sombras, cores... alinhadas na tal pequena pauta de 5 linhas. Onde cabe o infinito...

Um abraço sonoro.

Higino disse...

Concordo com as duas. Filipa e Matilde. E já agora 1 sugestão - se nunca namoraram nas ameias do castelo façam-no, com a minha garantia de que é bom.