quarta-feira, 17 de setembro de 2008

É o Que a Gente Leva Desta Vida...

[Quinta das Lágrimas, Coimbra, FF]

"Quantas vezes os tenho ouvido dizer a mesma frase que simboliza todo o absurdo, todo o nada, toda a insciência falada das suas vidas. É aquela frase que usam de qualquer prazer material: «é o que a gente leva desta vida»...

Leva onde? leva para onde? leva para quê? Seria triste despertá-los da sombra com uma pergunta como esta... Fala assim um materialista, porque todo o homem que fala assim é, ainda que subconscientemente, materialista.

O que é que ele pensa levar da vida, e de que maneira? Para onde leva as costoletas de porco e o vinho tinto e a rapariga casual? Para que céu em que não crê? Para que terra para onde não leva senão a podridão que toda a sua vida foi de latente? Não conheço frase mais trágica nem mais plenamente reveladora da humanidade humana. "

Fernando Pessoa, in 'O Livro do Desassossego'


6 comentários:

.*.Magia.*. disse...

"Leva onde?"

eheheheheeh

(É para responder?)

Alma social disse...

...99% do que levamos desta vida,esta no cerebro.. ..pensamentos...sensaçoes..emoçoes..conhecimento...segredos..amores..tragedias..desiluzoes..amizades..etc.. cada dia que passa, enrriquecemos mais a massa cinzenta..tudo o tentemos fazer de bom..dá luz á alma..
alma...a unica coisa que levamos desta vida

Freyja disse...

Minha Cara,

Eu assumo aqui a minha Humanidade; levo as memórias comigo e todo o peso que elas me fazem transportar.
Eu levo-me comigo.

Obrigada pela partilha.

Humanos Cumprimentos,

lampâda mervelha disse...

Não me sei sentir de outra forma senão... assim.


Quinta das lágrimas (ou o que resta da mesma). Tão íntima e densa seria caso tivesse chegado até Hoje.

besbertocharrua disse...

queu mais a nha maria na levames nada cagente quere sêre cremádes.
um xincuração munte de ternura

folhaselvagem disse...

espero levar as estrelas que à noite brilham de mil cores...