quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Sem Tela

[Animarte - Feira da Criança 2007, Cadaval, FF]

A beleza de um olhar.

Do olhar para tudo como se fosse a primeira vez.

Pegar no pincel e pintar as asas.

Sem tela.

Olho.

Amanhã quero voar !

6 comentários:

sendyourlove disse...

Seria tão mais simples se todos pensassemos como crianças.

Brain disse...

Sabes esta beleza,
Esta beleza de que falas?
Sabes?

Sabes este voo?
Este voo de que falas?
Sabes?

Sabes o que se sente?
Sabes o que ocorre no interior de nós,
Quando se conjugam os dois?
Sabes?

Pois...
Então eu digo-te:

É SEMPRE desta forma que me sinto,
A cada Post teu.
Cada post teu é como se fosse o primeiro,
Sem repetições,
Sem Dejá-vu's,
Sempre,
Sempre originais.

E eu...
Eu chego a voar,
Com a visualização,
E a leitura deles.

E sabes que não é só aqui.
Quando o faço de pernas para o ar,
É quando ainda me sabem melhor.
Mas isto...
Eu acho que tu já sabes.

Olha:
Vou voar até ali ao lado,
E se eu me perder,
Se com as minhas asas,
Pintadas,
Eu for para longe e não voltar,
Sabe que fui feliz,
Porque um dia,
Olhei pela primeira vez para aqui,
E aqui,
Mesmo aqui,
Senti o bater,
Do concêntrico,
Da beleza,
Do TEU olhar,
Sobre as coisas.

Beijo e um bom fds!

Brain disse...

PS: A parte do me perder e não voltar é "figurativa".
Eu levo sempre o GPS!
(just in case...)

:)

NETMITO disse...

TOCA A VOAR ENTÃO!


O VISTO É IMPRECISO
ALCANÇA O QUE QUER VER
PROCURA A LONGURA
QUE A ALMA CONTÉM AO SER


E NESTA FORMA VIVA
QUE DA VIDA NOME TEM
SENTIR É VIVER
AMAR É SER ALGUÉM!

rui disse...

Olá Estranha Pessoa

É, "A belesa de um olhar", sobre a imaginação e a criatividade.
Não necessitamos de tela para pintar os mais belos quadros, basta voar pelo mundo da fantasia.

Grande abraço e sorrisos de criança.
O senhor do mar

Rita disse...

Todos nós queremos, todos os dias, a toda a hora... Se amanhã conseguires voar, depois diz-me como. Preciso urgentemente.